• Français
  • English
  • Português

CD's

Ao vivo no Pavilhão Atlântico

 

    Letras
    SERÁ QUE SOU FELIZ

    Ser alguém à luz de um projector
    Saltimbanco, boémio, cantor
    Foi o que eu sempre quis

    De viola na mão corri mundo
    Um romântico meio vagabundo
    Foi o que eu sempre quis

    Ter a música como companheira
    E viver só à minha maneira
    Foi o que eu sempre quis

    Vaguear e só ter como amarra
    Os acordes da minha guitarra
    Foi o que eu sempre quis (Bis)

    REFRÃO:
    Mas na solidão por vezes pergunto ao destino
    Porque é que hoje tenho tudo e me sinto sozinho
    Será que sou feliz? (Bis)

    Talvez sinta a falta que faz
    Tudo aquilo que eu deixei p’ra trás
    Por a vida que eu quis

    Hoje vejo e talvez seja tarde
    Não existe só felicidade
    Nesta vida que eu quis
  • 1 - Será que sou feliz
  • Letras
    MAIS QUE PRIMEIRA PAIXÃO ( ela foi )

    Ela já não está comigo
    Está noutros braços
    Mas sentir rancor
    Não sinto
    Se por ela passo
    Eu sinto, sim
    Ainda em mim
    Marcas do que a gente fez
    E no meu ser
    Volto a saber
    Que além de primeira vez

    REFRÃO:
    Ela foi
    Um dia
    Ela foi
    A minha história mais linda de amor
    Ela foi
    Um dia
    Ela foi
    A madrugada depois do sol pôr
    Ela foi

    Ela já não me pertence
    Pertence a outro
    Mas eu não fico indiferente
    Quando a encontro
    Fico a sonhar
    E a recordar
    Nós dois num só coração
    E no meu ser
    Volto a saber
    Que mais que primeira paixão
  • 2 - Mais que primeira paixão
  • Letras
    É mais um de tantos dias
    Em que choro o teu adeus
    Em que invento melodias
    P´ra lembrar quem me esqueceu
    É mais uma dessas noites
    Em que finjo ser feliz
    Imagino que não foste
    E como em sonho, estás aqui

    REFRÃO:
    É assim, a minha vida
    É assim, o cinzento não mudou
    Desde que te foste embora
    Canto p´ra esquecer
    Até vivo por viver
    Se vivo eu estou
    Pobre cantor de sonhos
    Bom sonhador
    Com olhos risonhos
    Mas alma com dor
    Pobre cantor de sonhos
    Que faz sonhar
    Que esconde o seu choro
    E acaba sozinho, a chorar

    É mais um de tantos dias
    Em que as mágoas são iguais
    Em que vivo fantasias
    Nas canções e nada mais
    É mais uma dessas noites
    Em que sou aquele actor
    Que faz do amargo, doce
    E do desgosto, um mal menor
  • 3 - Cantor de sonhos
  • Letras
    DOIS CORAÇÕES SOZINHOS

    Ela estava sozinha
    Somente um copo, como seu par
    Eu também estava só
    E por ironia, com o mesmo olhar

    Olhar de quem padece
    Desses desgostos que o amor tem
    Quando não se merece
    Pior ainda perder alguém

    Aproximei-me dela
    E quis saber qual a sua dor
    Uma mulher tão linda
    Ai não devia sofrer de amor

    E por cumplicidade
    Ou então quem sabe por algo mais
    Mandei vir outro copo
    Já que os desgostos eram iguais

    REFRÃO:
    Dois corações sozinhos
    A dor juntou
    Dois corações perdidos
    Sem ter ninguém
    Bastou um só carinho
    E tudo mudou
    Entre nós começou mal
    E acabou bem
  • 4 - Dois corações sozinhos
  • Letras
    A ESTRADA E EU

    É quase madrugada
    A estrada está molhada
    E eu sozinho
    O show já terminou
    E como sempre eu vou
    Vou sozinho
    Depois da multidão
    Lá volta a solidão

    Mais um hotel me espera
    Depois outra terra
    É o destino
    Destino que eu escolhi
    E que eu sonhei p´ra mim
    Desde menino
    É o que me faz viver
    E a solidão vencer

    REFRÃO:
    Como eu digo nas minhas canções
    Tenho tudo e não tenho ninguém
    Posso até chorar por mil razões
    Mas ´tou bem
    Aprendi a ser feliz assim
    Que me importa sozinho acordar
    Se por momentos tenho tudo em mim
    A cantar
    A cantar eu esqueço qualquer dor
    Os desgostos que a vida me deu
    Fiz da vida uma canção de amor
    E lá vou eu
    A estrada e eu

    Mais uma madrugada
    Outra noite acaba
    Como sempre
    Lá volto a estar sozinho
    Eu e o meu caminho
    Como sempre
    Depois da multidão
    De novo solidão
  • 5 - A estrada e eu
  • Letras
    SABOR A TRAIÇÃO A DOBRAR

    Não sei se lhe conte, não sei se lhe diga
    Que me aconteceu quando os olhos meus viram sua amiga
    Que fiquei perdido e a troquei por ela
    Mas meu coração foi se apaixonar pela amiga dela

    Não sei se lhe esconda, segredo tão louco
    Que os dois corações que ela gosta mais, gostam um do outro
    Não é deste jeito que eu quero perdê-la
    Mas meu coração foi-se apaixonar pela amiga dela

    REFRÃO:
    Sei que vai chorar ao saber
    E nunca mais vai entender
    Quem ela mais queria da noite p’ro dia parece esquecê-la
    Eu sei que não vai aceitar
    Sabor de traição a dobrar, oh oh oh
    Mas meu coração foi-se apaixonar pela amiga dela

    Não sei o que faça, já não sei de nada
    Pois sei que ela vai ver como rivais, quem ela gostava
    Era como amiga que eu queria mais tê-la
    Mas meu coração foi-se apaixonar pela amiga dela
  • 6 - Sabor a traição a dobrar
  • Letras
    AI DESTINO

    Ai destino, ai destino
    Ai destino que é o meu
    Ai destino, ai destino
    Destino que Deus me deu

    O amor bateu à porta
    E eu deixei-o entrar
    Parecia tão diferente
    Confiei e fui em frente
    E com ela quis casar

    Infortúnio do destino
    Esse meu passo infeliz
    Fui amante atraiçoado
    Fui marido mal amado
    Sem saber que mal eu fiz

    REFRÃO:
    Ai destino, ai destino
    Ai destino que é o meu
    Ai destino, ai destino
    Destino que Deus me deu

    Ai destino, ai destino
    Ai destino tão cruel
    Ai destino, ai destino
    Ai destino infiel

    Destruiu a minha vida
    E a vontade de viver
    Levou-me o que eu mais queria
    Meus filhos desde esse dia
    Nunca mais voltei a ver
    Fiquei eu e a solidão
    E o desgosto mais chorado
    Mas nada posso fazer
    Não tenho culpa de ter
    Um destino mal traçado

    REFRÃO:

    O amor tem destas coisas
    No princípio tudo bem
    Quando se vê a verdade
    P´ra voltar atrás é tarde
    P´ra recomeçar também
  • 7 - Ai destino
  • Letras
    ADEUS AMIGO

    REFRÃO:
    Ah ah ah , ah ah ah, ah ah ah Adeus amigo
    Ah ah ah, ah ah ah, ah ah ah Adeus amigo

    Tu cantaste o negro destino
    Nessa voz tanto coração
    Encantaste, meu amigo Dino
    Tanto amor em cada refrão

    Não me esqueço dessa tua Helena
    E do homem vestido de branco
    Melodias sempre tão amenas
    Coisas simples que p’ra nós diziam tanto

    ( Refrão )

    Esse jeito de cantar o povo
    As verdades que eu não esquecerei
    Adorava ouvir-te de novo
    A dizer “ Eu voltei, voltei “

    Eu chorei tanto a despedida
    Meu amigo não esqueço teu rosto
    Foste mais do que uma vez na vida
    O nosso sol, o nosso querido mês de agosto

    ( Refrão )

    Viverás sempre na memória
    De milhões de amigos como eu
    Tu p’ra nós não te foste embora
    De certeza que estás a cantar no céu
  • 8 - Adeus amigo
  • Letras
    MEU HERÓI PEQUENO

    Eu ando em viagem
    Mas sempre a teu lado
    Na minha bagagem
    Levo a tua imagem
    O teu nome gravado
    Como poderia
    Esquecer-te um segundo
    Se és minha alegria
    Nesta vida fria
    Neste negro mundo

    REFRÃO:
    Meu herói pequeno
    Sorriso sereno
    Homem pequenino
    Cresce devagar
    Que eu quero chegar
    A tempo de ver
    A tua mudança
    E ter a esperança
    Que serás meu filho
    Da mesma alegria
    Que me deste um dia
    Ao ver-te nascer

    Quando em horas mortas
    Me envolve a tristeza
    Levo a tua imagem
    Que me dá coragem
    Que me dá certeza
    Que eu sempre serei
    Aquele homem certo
    Que mesmo distante
    Está sempre atento
    Está sempre perto
  • 9 - Meu heroi pequeno
  • Letras
    DEPOIS DE TI ( mais nada )

    Depois de tantos anos, nossa história teve um fim
    Foi um amor sem planos, tinha que acabar assim
    Foi um amor proibido, como tanta gente tem
    Eu já tinha alguém, eu já tinha alguém

    No fundo eu já esperava, um adeus tinha que haver
    Somente não contava, sem ti não poder viver
    Saiu-me tudo errado, e só quando te perdi
    É que eu entendi, que depois de ti

    REFRÃO:
    Depois de ti mais nada
    Nem sol nem madrugada
    Sem ti não há amor
    A vida não tem cor
    Depois de ti mais nada
    Apenas dor na alma
    Nem paz p’ra me acalmar
    Mais nada em teu lugar
    Depois de ti

    Depois de tanto tempo, só agora dou valor
    Tu levas sofrimento, mas o meu é bem maior
    Como fui inocente, foste embora eu deixei-te ir
    Porque é que eu não vi, que depois de ti
  • 10 - Depois de ti (mais nada)
  • Letras
    QUEM ERA EU SEM TI

    Se não fosse a tua luz
    E esse olhar que me conduz
    Simplesmente era mais um caso perdido
    Mas foi Deus que te enviou
    No meu caminho te pôs
    Para dares à minha vida outro sentido
    P’ra acalmares a minha dor
    Fazeres-me um homem melhor
    P’ra me dares a paz que eu nunca tinha tido
    Por isso te digo

    REFRÃO:
    Eu sem ti
    Quem era eu sem ti?
    Um eterno vagabundo à tua espera
    Eu sem ti
    Quem era eu sem ti
    Um Inverno sem sinais de primavera
    Eu era

    Se não fosse ter-te aqui
    Eu seria até ao fim
    Cavaleiro andante de abrigo em abrigo
    Um amante sem amar
    Uma alma sem lugar
    Uma vida, um coração só e perdido
    Tu chegaste e eu me encontrei
    Nem pediste e eu fiquei
    E então fui o homem que não tinha sido
    Por isso te digo
  • 11 - Quem era eu sem ti
  • 12 - Intro
  • Letras
    QUANDO ERAS MINHA

    Eu tive notícias tuas por uma amiga
    Que me falou da tristeza em que tu vivias
    Que sentes saudades minhas e mais ainda
    Há muito que viste a falta que eu te fazia

    Contou-me que vives só e abandonada
    Que o outro não quer saber como eu de ti
    Que choras arrependida da escolha errada
    Podendo voltar atrás, voltavas p’ra mim

    REFRÃO:
    Porque não choravas nem andavas tão sozinha
    Nem adormecias abraçada ao cobertor
    E p´ralém de amante um amigo sempre tinhas
    Quando eras minha tinhas muito mais amor

    Ao saber da tua sina de infelicidade
    Confesso tive mais pena do que rancor
    De voltar a dar-te a mão eu tive vontade
    No fundo não te desejo tamanha dor

    Pensei mandar-te um recado p´ra que voltasses
    O medo falou mais alto e não o fiz
    Depois de vencer a mágoa, talvez, quem sabe
    Eu de novo faça tudo p´ra seres feliz
  • 13 - Quando eras minha
  • Letras
    SONHOS DE MENINO

    Lembro-me de uma aldeia
    Perdida na beira
    A terra que me viu nascer
    Lembro-me de um menino
    Que andava sozinho
    Sonhava vir um dia ser

    Sonhava ser cantor
    De cantigas de amor
    Com a força de Deus venceu
    Nessa pequena aldeia
    O menino era eu

    REFRÃO:
    E hoje a cantar
    Em cada canção
    Trago esse lugar
    No meu coração
    Criança que fui
    E homem que sou
    Em nada mudou

    E hoje a cantar
    Não posso esquecer
    Aquele lugar
    Que me viu nascer
    Tão bom recordar
    Aquele cantinho
    E os sonhos de menino

    Tenho a vida que eu quis
    Nem sempre feliz
    Mas é a vida que eu escolhi
    Infeliz no amor
    Mas no fundo cantor
    A vida deu-me o que eu pedi

    Se eu pudesse voltar
    De novo a sonhar
    Faria o mesmo podem crer
    E aquele menino
    Eu voltaria a ser
  • 14 - Sonhos de menino
  • Letras
    Depois de te encontrar
    Nesse acaso qualquer
    E depois de te olhar
    Mais com olhos de ver
    Arrependi-me mais que nunca
    Do que outrora eu te fiz
    Quando eras a mulher que morria por mim
    E eu nem quis saber, simplesmente parti
    Depois de tantos erros loucos
    Só agora é que vi

    REFRÃO:
    Que eras tu
    A metade de mim, eras tu
    Estive tão perto do que eu mais queria ter
    Mas como pude ser tão cego e não ver
    Que eras tu
    Eras tu
    Eras tu
    Eras tu

    Depois de me cruzar contigo dessa vez
    Ver outro em meu lugar
    Melhor p’ra ti talvez
    Arrependi-me mais que nunca
    Não ter ficado aí
    Quando eras a mulher que vivia por mim
    E eu só fiz sofrer entre o não e o sim
    Depois de te perder, agora
    É que o peito me diz

    REFRÃO:
    Gostei de te encontrar
    E ver que eras feliz
    E que fizeste o lar
    Que eu um dia não quis
    No fundo tu mereces tudo

    O que a vida te deu
    Só espero não voltar
    A encontrar-te outra vez
    Não é por não gostar
    Tu sabes bem porquê
    É só porque me dói outro ter
    O que podia ser meu
  • 15 - Eras tu (a metade de mim)
  • 16 - Medley II
  • Letras
    SE ACORDO E TU NÃO ESTÁS

    A sombra do adeus no teu olhar
    Revela tudo o que eu,estava a pensar
    Não é preciso mais, já entendi
    É desta que te vais, sinto que sim

    As roupas arrumadas, tu já tens
    E um carro à tua espera, sim eu sei
    E a porta vai-se abrir, e tudo acaba aqui
    Depois acabo eu sem ti também

    REFRÃO:
    Porque eu morro
    Se passa um dia só, e não te vejo
    Nem ouço a tua voz, quando chamar por ti
    Como é que eu vou viver, viver assim
    Porque eu morro
    Se acordo e tu não estás na minha vida
    Sem ter o que me dás, o que será de mim?
    Por certo vou morrer, morrer sem ti
    Sem ti

    Quis pôr-me de joelhos a teus pés
    Fazer chantagem como tanta vez
    Mas nada me valia, eu entendi
    Por nada deste mundo, ficavas aqui

    Restou-me então fingir, estar tudo bem
    Desejar-te o melhor que a vida tem
    E a porta se fechou, e então tudo acabou
    Como eu vou acabar sem ti também
  • 17 - Se acordo e tu não estás
  • Letras
    A MINHA GUITARRA

    Com a minha guitarra percorri
    O mundo e com ela conheci
    Coisas tão bonitas, mundo além
    Que a vida tem

    Que bonecas lindas namorei
    Por certas eu confesso que chorei
    Mas ficar muito nunca foi p’ra mim
    Eu sou assim

    REFRÃO:
    Adeus amor
    Mas tenho o mundo à minha espera
    E a primavera
    Pode acabar
    Adeus amor
    Eu ando à roda com o mundo
    Sou vagabundo
    Não vou parar

    Gosto delas loiras ou morenas
    Bonitas, sejam grandes ou pequenas
    Que falem grego, russo ou irlandês
    Ou português

    Seguindo sempre em frente
    Outro caminho
    Só uma nunca me deixou sozinho
    Sempre andou comigo
    Pela estrada
    A minha guitarra
  • 18 - A minha guitarra
  • Letras
    A SONHAR CONTIGO

    Tu estás em mim
    Vá onde for
    Ande por onde andar
    Faça o que faça
    Eu faço a sonhar
    Contigo a todo o momento

    Se olho p´ro céu
    São os teus olhos que vejo no azul
    Se olho o luar, no seu brilho estás tu
    Estás em qualquer movimento

    REFRÃO:
    Passo a vida a sonhar contigo
    Passo a vida a pensar em ti
    Eu em tudo o que faço ou digo
    Que sonho ou que vivo
    Tu estás sempre em mim
    Passo a vida a sonhar contigo
    Passo a vida a sentir-te aqui
    Pois em tudo o que faço ou digo
    Que sonho ou que vivo, há sinais de ti
    De ti

    Não sais de mim
    Do pensamento e do meu coração
    Eu já não sei
    Se és real ou ilusão
    Se estou são ou estou demente

    Se olho p´ro sol
    Na sua luz eu vejo o teu olhar
    E as tuas ondas, nas ondas do mar
    Mesmo sem estares, estás presente
  • 19 - A sonhar contigo
  • Letras
    SONHADOR SONHADOR

    Podes dizer
    Podes chamar-me assim
    Um sonhador
    Que adormece sem ti
    Pois não faz mal
    Cá vou andando
    Perco a viver
    Mas sempre ganho sonhando

    Podes-te rir
    E espalhar meu fracasso
    Virar a cara
    Quando por ti eu passo
    Nada me faz
    Sabes porquê
    Fecho os meus olhos
    E és minha outra vez

    REFRÃO:
    Sonhador, Sonhador
    Mas ao menos a sonhar
    Tenho amor, tenho amor
    Que não tenho ao acordar
    Sonhador, Sonhador
    Não me importa ser chamado
    Se tenho amor, tenho amor
    Que já não tenho acordado

    Podes falar
    Que já nada me dói
    Porque a sonhar
    Volto a ser um herói
    E volto a ter
    Tudo o que é teu
    Pois nos meus sonhos
    Quem manda sou eu
  • 20 - Sonhador, sonhador
  • Letras
    NÂO DESISTO DE TI

    Não, não me peças p'ra esquecer-te
    Não, não me peças que eu me cale
    Se te vir com outro
    Tudo posso prometer-te
    Menos que o meu coração de amor não fale

    Não, não me peças que eu desfaça
    Sim, o sonho que me alimenta
    Minhas mãos no fogo
    Posso pôr por outras causas
    Menos por aquilo que queres que eu prometa

    REFRÃO:
    Porque eu não posso
    Prometer que vou esquecer-te
    Amor, não posso
    E dizer que vou calar a dor
    Não posso
    Estás sempre em mim
    E não posso
    Prometer que não vou mais sonhar
    Não posso
    E dizer que não irei lutar
    Não posso
    Porque até ao fim
    Não desisto de ti

    Não, eu não sei se volto a ter-te
    Não, mesmo assim eu não desisto
    Posso dar em louco
    Mas recuso-me a perder-te
    Sinto muito
    Pede tudo menos isso
  • 21 - Não desisto de ti
  • Letras
    TUDO POR VOCÊS

    Tudo por vocês
    Com amor, vou fazer
    Tudo por vocês
    E ainda é pouco, podem crer
    P´lo que me têm dado
    Já não chega, obrigado
    Sei que não
    P´ra dizer a verdade
    Não vos dou nem metade
    Do que me dão

    P´lo que me têm feito
    Vou trazer-vos no peito
    Não é demais
    Vosso amor não tem preço
    E se tento eu mereço
    Vocês ainda mais
    Por isso eu vou
    Dar tudo, eu vou
    E no meu palco de sonhos
    Quero quem me ajudou

    REFRÃO:
    Tudo por vocês
    Com amor
    Vou fazer
    Tudo por vocês
    E ainda é pouco, podem crer

    Pl’o que tenho vivido
    Neste grupo de amigos
    Tão fiel
    Quero dar mais carinho
    Que um autografo escrito
    Num papel

    Pela vossa coragem
    Nestas longas viagens
    P´ra me ver
    Quero dar sem medida
    Parte da minha vida
    A vocês
  • 22 - Tudo por vocês
  • Letras
    Tão diferentes estamos nós
    Tão desigual nosso viver
    Tu sorris, e eu choro a sós
    Vivo a lembrar, tu a esquecer
    És dia, eu sou noite amargurada
    Tu tens cor, eu tenho mágoa
    O reverso sou de ti
    Vazia, minha alma está de pranto
    Já que tu não sabes quanto
    A diferença está aqui

    REFRÃO:
    Quem esqueceu de vez um grande amor
    Não chora
    Dói mais a quem fica sem querer o adeus
    E por isso mesmo estás feliz agora
    E choro eu
    Ai choro eu

    Tão diferentes estamos nós
    Tão desigual nosso existir
    Tu tens luz, e eu sem sol
    Vivo a esperar, tu a partir
    Sou noite, tu és dia colorido
    Eu sou choro, tu sorriso
    O reverso sou de ti
    Estou longe de secar a minha ferida
    Sei porquê não vês ainda
    A diferença está aqui

    REFRÃO:
    Quem esqueceu de vez um grande amor
    Não chora
    Dói mais a quem fica sem querer o adeus
    E por isso mesmo estás feliz agora
    E choro eu
    Ai choro eu

    COROS:
    Quem esqueceu de uma vez
    um grande amor
    uh uh uh

    REFRÃO:
    Quem esqueceu de vez um grande amor
    Não chora
    Dói mais a quem fica sem querer o adeus
    E por isso mesmo estás feliz agora
    E choro eu
    Ai choro eu
  • 23 - Quem esqueceu não chora
  • Letras
    TU LEVASTE A MINHA VIDA

    Tu levaste a minha vida
    E a vontade de viver
    Só deixaste no meu peito
    Um pobre coração desfeito
    Que não sabe mais bater
    Tu levaste a minha alma
    Só meu corpo está aqui
    Tudo o resto foi contigo
    E hoje tento e não consigo
    Sequer mandar em mim

    REFRÃO:
    Quero voltar a amar
    Quero deixar de andar
    Assim tão à deriva
    Quero encontrar alguém
    Mas nem isso já sei
    Pois tu levaste a minha vida
    Contigo

    Tu levaste a minha vida
    E a essência do meu ser
    Só deixaste no meu fundo
    Uma dor maior que o mundo
    Que não pára de doer
    Tu levaste a minha alma
    Só meu corpo está aqui
    Tudo o resto foi contigo
    Hoje tento e não consigo
    Sequer mandar em mim
  • 24 - Tu levaste a minha vida
  • 25 - Tudo em mim
  • Letras
    COM A ESCOLA DA VIDA

    Foi num berço de simples amor
    Num lar pobre mas rico em verdade
    Que aprendi o que hoje sei de cor
    A primeira lição a humildade

    E depois foi num mundo a correr
    A erguer-me e também a cair
    Que tirei o curso de viver
    E o diploma p’ra chegar aqui

    REFRÃO:
    E hoje o que sou
    Eu aprendi, vivendo
    Tendo no pensamento o querer
    E a fé de vencer
    Estou onde estou
    Mas cá cheguei, lutando
    Com Deus sempre ajudando
    E ainda, com a escola da vida


    Hoje sigo mas guardo bem fundo
    Que muito antes dos livros p’ra ler
    Foi a família, os amigos e o mundo
    A faculdade que não pude ter

    E p’ra sempre vou tentar lembrar
    O que aprendi na primeira lição
    Não há sábio maior que o lutar
    Ensinado pelo coração
  • 26 - Com a escola da vida
Powered by GBZ