• Français
  • English
  • Português

CD's

Boca marota

 

    Letras
    BOCA MAROTA

    REFRÃO:
    Não Fujas com a Boca
    Quero dar-te um beijo
    Teus lábios desejo
    Com os meus molhar
    Boca mais bonita
    Que a tua não vejo
    Só essa desejo, quero-a beijar
    Boquita Linda, querer não é pecado
    Um beijo bem dado com eu sei dar
    Vá lá fecha os olhos
    Eu dou-te um beijinho
    Com tanto carinho
    Que vais querer bisar

    Fui com amigos para ir dançar
    Não sou dos antigos, mas fiquei a ver
    Apareces-te e eu fiquei a olhar
    Preso às tuas ancas ao teu remexer
    Saltei p’ra a pista bem à tua frente
    Na outra gente, nunca mais pensei
    No teu olhar, nasceu um sorriso
    Perdi o Juízo, puxei-te p’ra mim
    Tu murmuras-te qualquer coisa louca
    E ao olhar-te a boca
    Eu cantei assim
    ( Refrão )
    Boca marota, p’ra me enlouquecer
    Rindo garota teimava esconder
    Eu sou teimoso e tanto insisti
    Que juntinho aos meus
    Teus lábios senti
    Mas tu fugis-te rindo á gargalhada
    Não houve nada, e eu não te beijei
    Mas não desisto no meu beijo insisto
    Só não te resisto porque és má p’ra mim
    Hei-de ter arte para conquistar-te
    P’ra depois beijar-te e cantar-te assim
    ( Refrão )
  • 1 - Boca Marota
  • Letras
    FOI POR TI

    REFRÃO:
    Foi por ti , meu amor foi por ti
    Que meus olhos choraram
    Foi por ti meu amor foi por ti
    Que meus olhos sonharam
    Foi por ti meu amor foi por ti
    Que eu amei tanto e sofri
    Foi por ti meu amor foi por ti
    Que os meus olhos se apaixonaram

    Por ti chorei um dia
    Por te amar tanto assim
    Ainda hoje me lembro
    Vivias só para mim
    Olhando o teu retracto
    Senti-me sozinho
    Como criança perdida
    Procurando o seu caminho

    ( Refrão )

    Quando toca o telefone
    Corro logo a atender
    Penso sempre que és tu
    Que talvez me queiras ver
    Mas depois fico tão triste
    Não eras tu afinal
    Passa um dia outro dia
    E eu aguardo o teu sinal
  • 2 - Foi por ti
  • Letras
    CANTA, CANTA PORTUGAL

    É festa de novo, e todo o meu povo
    Esta noite vai cantar
    Junto á procissão, velha tradição
    Vai a aldeia a acompanhar
    Pela noite fora, e esquecendo a hora
    Há foguetes e alegria
    Nesta noite quente, canta a minha gente
    Até ao romper do dia

    REFRÃO:
    Canta, canta, canta Portugal
    Canta, canta sem parar
    Canta, canta, canta Portugal
    Tantas festas tens p’ra dar
    Canta, canta, canta Portugal
    Com a voz da nossa gente
    Canta, canta , canta Portugal
    Canta, canta, canta sempre

    Seja Ribatejo, ou Alentejo
    Seja noite, seja dia
    No mar ou na serra
    Há em cada terra
    Sempre festa e romaria
    Quando chega agosto
    Portugal com gosto
    É todo o povo a brindar
    A noite é tao quente
    Canta toda a gente
    É Portugal a cantar
  • 3 - Canta, canta Portugal
  • Letras
    JUREI NUNCA MAIS TE AMAR

    Tu que dizias gostar
    de mim
    Crias-te só ilusões
    sem fim
    Eras só tu mais ninguém
    Que eu queria
    Para ser minha mulher
    P’ra vida
    Um dia sem ti fiquei
    Aqui
    Tantas noites eu chamei
    Por ti
    E hoje tu voltas tão só
    Sem nada mais
    Mas hoje é tarde querida
    É tarde demais

    REFRÃO:
    Só eu sei quanto sofri
    Tão só no meu cantinho
    E ainda não esqueci
    Essas noites sózinho
    Pelo que sofri
    Jurei de nunca mais te amar
    E hoje já não vale a pena
    Tentares voltar

    Quando dizias me amar
    Mentias
    Tantas promessas no ar
    Fazias
    Se ainda gosto de ti
    Tu sabes bem
    Tanto como eu te amei
    Não amarei ninguém
  • 4 - Jurei nunca mais te amar
  • Letras
    OH! ADEUS AMOR

    Sim, tanto amor entre nós se passou
    Mas em ti qualquer coisa mudou
    Já não sentes a mesma paixão
    Sim, lá tão longe um comboio apita
    Vais partir, hoje estás tão bonita
    E p´ra ti eu escrevo esta canção

    REFRÃO:
    Oh! Oh ! Adeus amor
    Oh! Oh! Meu grande amor
    Oh! Oh! Só vou ficar
    Oh! Oh! Vais me deixar

    Sim, as promessas que outrora te fiz
    Eu cumpri pensei que eras feliz
    Meu amor o melhor de mim dei
    Tu, não tens culpa a vida é assim
    Nossa história hoje chegou ao fim
    Mas gravada em nós dois vai ficar
  • 5 - Oh! Adeus amor
  • Letras
    LOLITA ( linda Cigana )

    Um dia voltei a Espanha
    Que há muito tempo eu não via
    Conheci cidades lindas
    Cheguei a Andaluzia
    E uma morena dançava
    Sobre um tableiro um fandango
    Negros cabelos ao vento
    E a boca cor de morango

    REFRÃO:
    Lolita Lola, Lolita Lola, Lola Lolita
    Linda morena que és tão bonita
    Lolita lola, Lola Lolita
    Lola Lolai, Lola Lolai, Lola Lolai, Lolai Lolai, Lolai

    O meu coração parou
    Como no dia final
    Ai Se eu pudesse hoje mesmo
    Levá-la p’ra Portugal
    Me matou com su mirada
    E me disse eu vou contigo
    Eu quero conhecer Lisboa
    E ouvir um fado antigo

    ( Refrão )

    Nunca mais volteia a Espanha
    Mas trago a Espanha comigo
    Quando ela baila flamengo
    Eu canto-lhe um fado antigo
  • 6 - Lolita (linda cigana)
  • Letras
    PEQUENA MULHER
  • 7 - Pequena mulher
  • Letras
    QUEM É QUE NÃO TEM SAUDADES

    REFRÃO:
    Quem é , quem ,é quem é, quem é, quem é

    Quem é, quem é
    Quem é que não tem saudades
    Quem é, quem é
    Quem é que não quer voltar
    Pois eu também, para vos dizer a verdade
    As vezes sinto vontade, vontade de chorar

    Quem é
    Que lá no fundo, do pensamento
    Não tem saudades, do que deixou
    E vai sofrendo, sem dizer nada
    E tantas vezes, que já chorou
    Quando ouve um fado, e lê o jornal
    Alguma coisa, de Portugal
    Quem é

    ( Refrão )

    Que lá no fundo, do coração
    Não tem saudades, do seu amor
    E vai andando, vai resistindo
    Esquecendo mágoa, esquecendo a dor
    A dor que sente, porque afinal
    Está muito longe, de Portugal
    Quem é, quem é

    ( Refrão )
  • 8 - Quem é que não tem saudades
  • Letras
    A VIDA MUDOU

    Por tantas vezes te fiz
    Promessas que não cumpri
    Pensava que eras feliz
    Quando choras-te não vi
    Por tantas vezes jurei
    Um dia eu vou mudar
    E quando sem ti fiquei
    Pensei que estava a sonhar
    E foste embora em silêncio
    Sem nada dizer
    Deixas-te a vida que tinhas
    Por tanto sofrer

    REFRÃO:
    A vida mudou, oh, oh , sem ti
    Hoje já não sou, oh, oh, assim
    E não acredito que tudo entre nós
    Para sempre acabou
    A vida mudou!

    Por tantas vezes menti
    Com medo de te perder
    E mesmo assim te perdi
    É minha vez de sofrer
    Tantas manhãs acordei
    Noutros braços, noutro lar
    Mas se amanhã tu voltares
    Nunca mais te vou deixar
    E se um dia tu voltares
    Verás que eu mudei
    Essas loucuras que eu fiz
    Para sempre deixei
  • 9 - A vida mudou
  • Letras
    PETITE DEMOISELLE

    C`est dimanche et je la vois, elle descend son escalier
    Et moi seul abandonné j`aimerai tant lui parlé
    Parler de la pluie du vent, de ses beaux yeux d`enfants

    REFRÃO :
    Hello, hello petite demoiselle
    Hello, hello si timide et rebelle
    Il faudra bien qu`un jour je te parle d`amour
    Hello, hello petite demoiselle
    Hello, hello j`attends que tu m`appelles
    Ne ferme pas ton cœur à ma grande douleur

    C`est dimanche et je la vois, elle descend son escalier
    Dans mon cœur désemparé vivre le besoin d`aimer
    D`aimer cette belle enfant et ses cheveux d`argent
  • 10 - Petite Demoiselle
  • Letras
    CAMINHO INCERTO
  • 11 - Caminho incerto
  • Letras
    MARIA PORTUGUESA

    Usa blue jeans e gosta do azul
    De Portugal de Norte a Sul
    Ela é tão linda gosta de andar
    Sempre na praia para bronzear
    Trás no sorriso sempre alegria
    Enfrenta a vida com fantasia
    Namora mas, não quer casar
    A liberdade ela quer guardar

    Ou, ou, ou, ou, ou, Maria ( bis 5 )

    Ela é bonita e curiosa
    Trás no cabelo sempre uma rosa
    Sempre contente e a sorrir
    Ela é sincera não sabe mentir
    Ela é morena bem portuguesa
    Eu não trocava, não concerteza
    Por uma loira americana
    Ou uma estrela sueca ou mexicana

    Ou, ou, ou, ou, ou, Maria ( bis 5 )

    Em Portugal ela é feliz
    Gosta do sol do seu pais
    Ela está bem sem ter um escudo
    Diz que o dinheiro só nunca faz tudo

    Ou, ou, ou, ou, ou, Maria ( bis 5 )
  • 12 - Maria portuguesa
Powered by GBZ